Home · Notícias
21/12/2012
Supervisores fazem balanço do primeiro semestre da EJA - Mundo do Trabalho

Relatos e troca de experiências durante o encontro são importantes para o aprimoramento do Programa.

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (SDECT) e a Fundação do Desenvolvimento Administrativo (Fundap) reuniram, no dia 13 de dezembro, os supervisores do Programa Educação de Jovens e Adultos (EJA) – Mundo do Trabalho no município de São Paulo, onde o Programa está presente nos Centros Integrados de Educação de Jovens e Adultos (Ciejas).

No encontro foi realizado o balanço do primeiro semestre do trabalho da supervisão do Programa no município. Os supervisores trouxeram na bagagem relatos sobre o desenvolvimento das aulas, assim como depoimentos dos participantes, que são essenciais para o aprimoramento do Programa. A troca de experiências vividas nas diversas regiões da capital paulista marcou as discussões.
 
“O material didático é elogiado tanto por estudantes como por professores”, afirma a supervisora Oneide Monteiro, que atua nos Ciejas de Guaianazes e Ermelino Matarazzo, Zona Leste da capital paulista. “Os professores têm utilizado o material principalmente como apoio e como fonte de pesquisa para suas aulas”, conta a supervisora Devanizia Solmazzo Bastos, que acompanha o trabalho dos Ciejas de Parelheiros, Campo Limpo e Jardim Consórcio, na Zona Sul de São Paulo.
 
Segundo a SDECT, o material da EJA – Mundo do Trabalho vai fazer parte do planejamento de 2013 dos Ciejas, o que deve reforçar a utilização dos Cadernos e vídeos do Programa em sala de aula.    
 
Os supervisores têm como função primordial orientar pedagogicamente as escolas dos municípios parceiros do Programa EJA – Mundo do Trabalho. Sua atuação se dá em parceria com os professores, a direção e a coordenadoria pedagógica das escolas que atendem jovens e adultos.
 
A prefeitura da capital assinou em agosto convênio com a SDECT para levar a EJA – Mundo do Trabalho a cerca de 6 mil estudantes dos Centros Integrados de Educação de Jovens e Adultos (Ciejas). Até agora, 11 dos 14 Ciejas de São Paulo aderiram ao Programa.